Quais os efeitos biológicos das radiações?

Muitos são os efeitos no organismo devido à exposição de radiações ionizantes. É importante entender aqui que a exposição à radiação significa uma transferência de energia para o organismo que se traduz em dose; e, o efeito desta absorção se chama dose absorvida. Esta varia em função do tipo de radiação presente e sua energia. Os seus efeitos , por sua vez, dependerão também da quantidade total de dose e da taxa de tempo na qual ela se depositou no organismo. Fazendo uma analogia podemos perguntar: Que efeito tem uma pessoa tomar uma garrafa de bebida?

Várias respostas serão possíveis. Se a bebida possuir grande teor de álcool e for consumida em pouco tempo, o resultado será uma bebedeira. Se for ao longo de um ano, terá poucos efeitos observáveis. Se no entanto a pessoa consumir um litro de uma bebida forte em uma hora o resultado será certamente dramático, no mínimo uma coma alcoólica, ainda assim variará de pessoa a pessoa. Com a radiação sucede o mesmo. A resposta depende do tipo de radiação, da sua quantidade e do período de absorção pelo organismo. Estatisticamente foram determinados alguns efeitos em função da dose absorvida.

Estes passam por simples náuseas, vômito, reação da pele (queimação), problemas hematológicos, gastrintestinais, e em casos extremos, até a morte. As primeiras vítimas a terem seus casos relatados e estudados foram os sobreviventes dos bombardeios atômicos das cidades de Hirochima e Nagasaqui, no Japão ao final da segunda grande guerra. Mais recentemente (1986) a população e os que trabalhavam na central nuclear que explodiu em Chernobil, na Ucrânia; foram também expostos a altos índices de radiação e sua saúde está sendo objeto de estudos até hoje.

Written by